Ilha de Páscoa

A ilha com mistérios milenares

Localizada a 5 horas de voo partindo de Santiago, ao sul do Oceano Pacífico, se encontra a Ilha de Páscoa, apelidada de “umbigo do mundo” devido a sua localização afastada da costa, em meio ao Oceano, sendo um dos lugares mais isolados do mundo. Seu nome é proveniente da data de sua descoberta pelos europeus: um domingo de Páscoa.
 
A ilha, que possui um formato triangular, é resultado de erupções vulcânicas. Por esta razão que um dos atrativos da Ilha de Páscoa são vulcões, crateras e cavernas. Mas o grande cartão-postal da Ilha é o conjunto de moais que ali se encontram.
 
Moais são grandes estátuas de pedra que podem chegar a medir mais de 10 metros de altura e pesar mais de 80 toneladas. Acredita-se que estátuas representavam os líderes Rapa Nui (povo nativo) e muitas se encontram ao redor da ilha, de costas para o Oceano, ou seja, virados para o interior da ilha, como se estivessem olhando para seu território e protegendo seus moradores.
 
Como os moais eram feitos, como eram transportados e qual a real finalidade deles são alguns dos muitos mistérios que a Ilha de Pascoa esconde e que intriga os visitantes até hoje.

Ahu Tongariki
Uma plataforma com 15 moais de variados tamanhos enfileirados mirando o vulcão Rano Raraku. Dali se tem uma das visões mais bonitas do nascer do sol de toda a ilha. A plataforma possui 20 metros de largura e os moais que ali se encontram podem pesar até 80 toneladas.
 
Rano Raraku
Conhecido como “fábrica de moais”, é neste vulcão que se encontra a pedreira onde os moais eram esculpidos para então serem levados às plataformas. Ao redor do Rano Raraku encontram-se vários moais em diversos estágios de construção, inclusive o maior moai da ilha que possui 22 metros de altura e não foi finalizado. A cratera deste vulcão possui uma lagoa com 6 metros de profundidade e diversos moais caídos ao redor. Rano Raraku é um dos cartões postais da Ilha de Pascoa.
 
Anakena
A Ilha de Páscoa não é famosa por suas praias e, apesar de ser uma ilha, não possui muitas opções devido à sua formação com rochas vulcânicas e fortes ondas do Oceano Pacífico. Mas possui a Anakena, que é uma praia apta para banho, com areia clara, coqueiros e um mar azul turquesa! Além da paisagem paradisíaca, em Anakena está a Ahu Nau Nau, uma plataforma com 7 moais em ótimo estado de conservação e muito rico em detalhes.
 
Orongo
Esta vila cerimonial com casas de pedra às bordas do vulcão Ranu Kau abrigava um dos rituais mais importantes da Ilha de Pascoa, que é a competição do Homem-Pássaro. Nesta competição, os guerreiros da ilha se reuniam para um desafio: descer o penhasco vulcânico, nadar pelas águas do Pacífico até uma ilha próxima chamada Moto Nui, encontrar um ovo da ave migratória manutara e então regressar a Orongo com o ovo intacto. O vencedor e sua tribo ganhavam o direito de comandar a ilha até o ritual ser feito novamente. Além disso, em Orongo encontra-se diversas casas dos antigos povos nativos e gravuras feitas nas pedras representando divindades e o Homem-Pássaro.
 
Complexo Tahai
Bem próximo de Hanga Roa - capital da Ilha de Pascoa - está localizado a vila Tahai,  que possui três plataformas de moais: Ahu Vai Uri, é uma plataforma com 5 moais, sendo que apenas um deles está bem conservado ainda; Ahu Tahai, possui um único moai já bastante desgastado; e Ahu Ko Te Riku, é uma plataforma com um único moai, que é diferenciado dos demais pois ele possui olhos destacados na cor branca.
Preço


Destinos


Carregando...
Preço


Destinos


Carregando...

Veja também

Ilha de Páscoa Clássico

5 dias e 4 noites
a partir de
10x de R$ 279,00
Ver Pacote

Santiago + Patagônia

7 dias e 6 noites
a partir de
10x de R$ 582,00
Ver Pacote
Quer ganhar descontos de até 50% e participar de promoções exclusivas?
Acompanhe nas redes sociais